António Manuel Ribeiro na nossa Escola

António Manuel Ribeiro, vocalista e referência maior do grupo UHF e poeta, esteve na nossa Escola na manhã de quarta feira, 8 de maio, numa sessão sobre escrita, música e leitura.
A sessão abriu com a visualização do vídeo em que a banda fez uma das primeiras interpretações de “Cavalos de Corrida”, a que se seguiu a leitura de vários poemas por alunos das turmas 9º E, 10º A e 11º F, recolhidos em obras de António Manuel Ribeiro.

A conversa com o músico e compositor passou por áreas temáticas diversas: pelo testemunho pessoal relativamente à sua carreira e ao contributo para a história da música portuguesa, pela partilha quanto ao ato de escrever e de compor, pela experiência de leitura e destaque de algumas obras, pela forma como vê o mundo e pelos desafios e problemas com que os jovens e a sociedade se confrontam. O apelo à participação, à criatividade e ao trabalho e algumas recomendações quanto à forma de estar e de sentir a vida tiveram também presença num discurso em que a vertente testemunhal se aliou à dimensão pedagógica.

António Manuel Ribeiro na ESP no palco        António Manuel Ribeiro na ESP testemunho

No final, António Manuel Ribeiro brindou a assembleia com um poema inédito intitulado “Poesia”: “Pó – és – ias / Desmembrar as palavras / Em pequenas fatias. // Resta a alma / da noite sem dia / Somatório e farsa / Vómito e azia.” No registo escrito de testemunho que deixou na Escola depois da sessão, escreveu: “Vim a esta escola aprender a ouvir e a comunicar inventando conversa para nos entendermos melhor. Obrigado, a escola é uma missão. AMR – UHF, 2019-05-18”

António Manuel Ribeiro, além de ser o autor da quase totalidade dos textos interpretados pelo grupo UHF (que está a celebrar os 40 anos de existência), assinou obras como “Todas as faces de um rosto” (2002), “Se o amor fosse azul que faríamos nós da noite?” (2003), “Cavalos de corrida – A poética dos UHF” (2005), “O momento a seguir” (2006), “Por detrás do pano” (2015) e “És meu, disse ela” (2018).